Questões Não Respondidas em Música – por Leonard Bernstein

Buscando um material de curso em Harvard estes dias cheguei sem querer a uma preciosidade: uma série de 6 aulas ministradas por ninguém menos do que o aclamado regente, compositor e escritor norte-americano Leonard Bernstein, nos idos de 1973, para uma turma de alunos num curso de inverno em Harvard.

A série – coletivamente denominada “A Questão Não Respondida”, uma tradução livre para o original em inglês “The Unanswered Question” – trata basicamente do tema música, mas o faz passeando livremente entre poesia, linguística, filosofia e física. São nada menos do que 11h de video disponíveis via Youtube!

Infelizmente, os videos estão disponíveis apenas com áudio original – em inglês – e sem legendas. A parte boa é que a pronúncia do Bernstein é muito clara e pausada, mas ainda assim, pode não ser acessível para quem não tem muita intimidade com o idioma.

A primeira aula segue aqui abaixo. A partir dela, no Youtube, é possível acessar as demais. Este material foi disponibilizado pela Escola de Música de Harvard, e faz parte do conjunto de cursos online que a escola oferece gratuitamente. É isso: boa aula! 🙂

Quinta Sinfonia de Mahler na Sala São Paulo

não sei dizer se ainda tem ingressos disponíveis, mas achei que valia a notinha de qualquer forma. para contar que o programa da série mogno de amanhã, na Sala São Paulo, está imperdível. Começando com Bernstein e fechando com nada menos do que a quinta sinfonia de Mahler. Regência do titular Yan Pascal Tortelier. Vale a pena conferir.

12/Dez Sábado 16h30
Vadim Gluzman violino

Leonard Bernstein
Serenade after Plato’s Symposium
Gustav Mahler
Sinfonia nº 5 em dó # menor

o pedro e o lobo do bernstein

estou há alguns dias encantada com a excelente narração de leonard bernstein para pedro e o lobo, de prokofiev, num CD que curiosamente traz na sequência o carnaval dos animais, de camille saint-säens. o CD é de 1998, mas seja como for, só agora chamou minha atenção. para quem não conhece, dois comentários.

primeiro que a narração de bernstein tornou, aos meus ouvidos, a obra de prokofiev mais leve e divertida. buscando uma boa gravação desta obra para dar de presente para minha sobrinha – que ainda não tem nível de inglês suficiente para apreciar a versão do bernstein – fiquei bastante desapontada com as opções em português; me pareceram equivocadas, tornando a história um pouco chata. anyway…

segundo comentário: creio que o que tem de mais bacana nesta versão do carnaval é a boa idéia de ter convidado jovens talentos para executar cada uma das peças, bem dentro do espírito original do compositor, que diz-se, compôs esta obra para que os alunos de instrumento pudessem ter algo divertido para tocar junto com colegas de outros instrumentos. o resultado me conquistou. eu recomendo.